PORQUÊ IR AO SUMMIT?   COMO CHEGAR?   Info: conferencia@qspmarketing.pt  (+351) 91 625 2000  (+351) 226 108 552
Thomas Ramsoy
THOMAS Z. RAMSØYFounder & CEO of Neurons Inc, Adjunct Faculty Member, Singularity University

Thomas Ramsøy é considerado uma das autoridades mundiais em Neurociência Aplicada – na análise da forma como empregamos as mais recentes ferramentas e insights da Neurociência, para melhor entender e afetar comportamentos. No seu trabalho, Thomas Ramsøy é consultor das maiores empresas do mundo, a Google ou o Facebook, assim como de agências governamentais, provocando efeitos diretos no desenvolvimento de produtos e compreensão do consumidor.

A sua formação é uma mistura eclética: licenciatura em Economia, mestrado em Psicologia e doutoramento em Neurobiologia. De 2008 a 2015 fundou e liderou o Center for Decision Neuroscience, um dos laboratórios académicos de maior sucesso em Neurociência Aplicada, na Copenhagen Business School e Copenhagen University Hospital. As suas inúmeras publicações têm sido citadas centenas de vezes, escreveu um best-seller sobre Neuromarketing e Neurociência do Consumidor e, dentro desta temática, já formou cerca de 50.000 pessoas no seu curso online.

Hoje, Thomas Ramsøy lidera a Neurons Inc, uma empresa de Neurociência em rápido crescimento, com sede em Copenhaga e escritórios e representações no resto da Europa, Ásia, América do Norte e do Sul.

SUPERNORMAL PRODUCT DESIGN - CONECTAR COM O PASSADO EVOLUTIVO DO CÉREBRO

Como podem os produtos e serviços ser desenhados para captar interesse e respostas emocionais? Durante as últimas décadas, o nosso entendimento da mente humana tem florescido e crescido exponencialmente, mas tem sido difícil traduzir essas perceções em insights úteis. Ao mesmo tempo, os produtos têm vindo a mudar a sua aparência drasticamente, desencadeando respostas e comportamentos emocionais cada vez mais fortes.

Hoje, temos ao nosso alcance ferramentas para melhor compreensão destes mecanismos. Ao entender que certos aspetos de um objeto podem potenciar elevados graus de interesse e desejo, é possível não só utilizar este insight para esse produto como para a conceção de novos produtos e serviços. De facto, muitas marcas já o fazem, ainda que de uma forma menos planeada e controlada.

Ao compreender certas propriedades-chave da mente humana, e o passado evolutivo do cérebro, podemos conceber produtos e serviços que produzam respostas extraordinariamente fortes e que vão ao encontro dos comportamentos habituais do consumidor. Estes produtos, a que podemos chamar produtos “supernormais”, têm a capacidade de atingir e sustentar a mente e ações do consumidor. Por outro lado, ao entender esses pontos e respostas supernormais, podemos evitar cometer falhas e erros no processo de design do produto.

 

key points
 

 

• A difusão do design supernormal – sempre que o vemos, podemos encontrar produtos supernormais, que têm evoluído ao longo do tempo.

• O mecanismo das respostas supernormais – compreensão dos principais mecanismos-chave do cérebro para as variáveis desejo, gosto e formação do hábito, que melhor nos capacita no processo de design.

• Da relevância ao enquadramento – podemos identificar parâmetros-chave que afetam o interesse, respostas e escolhas.

• Como desenhar um produto supernormal – quais são os ingredientes-chave dos produtos e serviços que podemos utilizar?

• Sair do caminho do perigo – como podemos utilizar os insights no supernormal para evitar cometer erros.